O foco da notícia!

Atirador mata cinco pessoas e comete suicídio em Orlando nos EUA

in Notícias/Policial by
GERARDO MORA / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP

O xerife da Polícia do condado de Orange, na Flórida, EUA, Jerry Demmings, informou que um homem, ex-funcionário de uma empresa de Orlando, foi ao local onde trabalhava e matou cinco pessoas antes de cometer suicídio nesta segunda-feira. Segundo as autoridades locais, outras sete vítimas escaparam do ataque.

“O indivíduo, de 45 anos, era um ex-funcionário desta empresa que foi demitido em abril”, declarou Demmings durante uma coletiva de imprensa, descartando neste momento qualquer ligação com o terrorismo. “Não temos pistas que indiquem que o sujeito fazia parte de alguma organização terrorista”, explicou. “Provavelmente foi um incidente violento em local de trabalho”.

 

To recap: 3 men, one woman killed by lone shooter at business on Forsyth Rd. One man died at ORMC. Shooter killed himself. Seven survivors.

 

Pelo Twitter oficial do escritório do xerife, as autoridades informaram que o atirador agiu sozinho e cometeu os crimes usando uma arma e uma faca. Ele matou três homens e uma mulher no local. Outra vítima do sexo masculino morreu no hospital. Os crimes ocorreram por volta das 08H00 (11H00 de Brasília).

O xerife indicou que a empresa em questão fabricava acessórios para carros. Em junho de 2014, a polícia foi chamada porque o homem responsável pelo tiroteio nesta segunda havia agredido um outro empregado. No entanto, nenhuma acusação foi registrada contra ele.

O atirador tinha pequenas condenações por posse de maconha e delitos de violência.

 

Sheriff Demings on scene of tragic shooting with multiple fatalities. Getting briefing. Will address media shortly.

 

 

Em junho de 2016, a cidade de Orlando foi palco de um tiroteio em uma boate frequentada pela comunidade gay, que deixou 49 mortos e dezenas de feridos. Cidadão americano de origem afegã, o autor do massacre havia prometido fidelidade ao grupo Estado Islâmico (EI) durante o tiroteio.

Com informações da AFP

 

MEC divulga as primeiras notas de corte do Sisu

in Notícias by

 

As notas estão disponíveis no site do Sisu. – Foto: Reprodução

BRASIL – O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (30) as primeiras notas de corte do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre. É possível acessar pela internet a nota mínima necessária para passar em cada um dos cursos oferecidos pelo sistema.

 

A nota é calculada diariamente com base no número de vagas disponíveis e no total de candidatos inscritos para aquele curso. É a menor para o candidato ficar entre os potencialmente selecionado para o curso. O candidato que já fez a inscrição poderá consultar a própria classificação parcial na opção do curso escolhida.

 

O MEC alerta que essas informações devem servir apenas de referência para ajudar o participante no monitoramento da inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga.

 

As inscrições começaram nessa segunda-feira (29) e vão até o dia 1º de junho. Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Enem 2016 e não ter tirado 0 na redação. Mais de 6,1 milhões fizeram o Enem no ano passado. O candidato pode fazer até duas opções de curso e alterá-las até o fim do prazo de inscrição.

 

Ontem, um problema no sistema pode ter afetado 600 mil candidatos. Segundo o ministério, a situação foi normalizada e os estudantes atingidos orientados a trocar de senha.

 

Ao todo, são ofertadas neste semestre 51.913 vagas em 1.462 cursos de 63 instituições de ensino, entre universidades federais e estaduais, institutos federais e instituições estaduais.

 

O Sisu terá uma única chamada, e a divulgação do resultado está prevista para o dia 5 de junho. Também nessa data será aberta a lista de espera, que permanecerá disponível até 19 de junho. As matrículas serão do dia 9 ao dia 13 de junho, e a convocação da lista de espera será feita a partir do dia 26 de junho.

 

Fonte: Imirante.com

SALVAR O BRASIL

in Notícias by

Não foi por falta de aviso. A “assembleia geral de bandidos presidida por um bandido” que deu o golpe ruma ao seu destino natural: a cadeia.

Com as gravações de Sérgio Machado, todos, inclusive os tutores do golpe, a mídia antidemocrática e o capital antinacional, sabiam muito bem que o impeachment sem crime algum se destinava a salvar uma associação de corruptos da pior espécie. Mesmo assim, insistiram na farsa jurídica e política que afastou a presidenta honesta.

Ironicamente, contra os golpistas que mobilizaram o país “contra a corrupção” há provas concretas e irrefutáveis de corrupção: contas no exterior, gravações, filmagens, etc. Contra Lula e Dilma não há nada, apenas o “disse me disse” de delatores desesperados e as “convicções” de procuradores “partidarizados”. O golpe foi feito por uma corja. Seus principais atores, Aécio, Cunha, Temer, revelam-se escroques da pior espécie.

Essa corja destruiu a democracia, as instituições e o sistema de representação em nome da implantação de um projeto ultraneoliberal que sacrifica os empregos dos brasileiros, o patrimônio público, os direitos dos trabalhadores, a economia nacional e o futuro do Brasil.

O golpismo e o golpe destruíram o Brasil. A crise política sobredeterminou e sobredetermina tudo.

Caso tivéssemos tido um clima de normalidade política e democrática, a crise econômica já teria sido superada, mesmo com todos os erros de política econômica, em 2015. Se Dilma tivesse de fato governado, o que não ocorreu, haveríamos sofrido uma contração de cerca de 1% do PIB, em 2015, como era a previsão do mercado, e, em 2016, já teríamos iniciado a recuperação. Mas o golpe, turbinado pela Lava Jato messiânica e partidarizada, a qual foi responsável, sozinha, por uma queda de 2,5% do PIB, jogou o Brasil na lama da pior depressão da sua história.

Pior: comprometeu, com seu austericídio enlouquecido e seu entreguismo desavergonhado, os mecanismos de que o Estado dispunha para promover a recuperação da economia.

Mas tudo isso é leite derramado.

Fonte: Brasil247

LULA PROMETE ESTAR ‘NA TRINCHEIRA’ POR ELEIÇÕES DIRETAS NO PÓS-TEMER

in Política by

Em discurso neste sábado, 20, durante posse da nova diretoria do PT em São Bernardo do Campo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu que Michel Temer “saia logo” da Presidência; “Nós queremos eleições diretas, queremos que o Temer saia logo. Não queremos um presidente eleito indiretamente, mas pelo povo brasileiro. Seja quem for, não importa quem for”, afirmou Lula, defendendo realização de eleições diretas; “Podem ter certeza de que estarei na trincheira junto com vocês para recuperar a democracia neste país”, disse o ex-presidente; “Eu tinha imaginado que não seria mais candidato a nada. Agora, com essa provocação, quantidade de denúncia, arrumando coisa toda semana, isso me dá vontade de disputar eleição”

Fonte: Brasil247

FHC joga o que restou da biografia no lixo, recua e pede para Temer ficar

in Política by

Menos de 48 horas depois de defender a renúncia de Michel Temer, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos avalistas do golpe de 2016, decidiu jogar no lixo o que ainda restava de sua biografia. À Rádio Bandeirantes, ele voltou atrás e passou a defender a permanência de Temer, alegando que os áudios estarrecedores já divulgados ainda não são decisivos. FHC também disse que Aécio Neves, apontado pelo STF como “risco à ordem pública”, terá condições de “provar sua inocência”.

Não se sabe se o recuo de FHC se deve ao fato de todo o PSDB estar nas delações ou por medo de alguma revelação sobre sua própria participação no golpe de 2016. Enquanto 98,5% dos brasileiros querem diretas-já, FHC decidiu ficar com o 1,5% que ainda apoia o golpe. Depois de ouvir a conversa do presidente Michel Temer (PMDB) com o empresário Joesley Batista, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou atrás e disse que não há motivos para renúncia do mandatário.

Na quarta-feira (17), o FHC escreveu em uma rede social que “o país tem pressa” e que esse gesto – a renúncia – “facilitaria uma solução” para a crise nacional. Agora, o ex-presidente afirmou que a Justiça deverá analisar melhor as provas. Disse ainda que, para ele, o áudio da conversa de Temer com um dos donos do grupo JBS não traz um “elemento decisivo”. Fernando Henrique Cardoso foi ouvido pela Rádio Bandeirantes após a gravação do Canal Livre, da Band, que vai ao ar neste domingo (21). Questionado sobre o futuro do PSDB no governo, FHC disse apenas que o partido está bem no comando do senador Tasso Jereissati. Sobre Aécio Neves, afastado da presidência do partido e do Senado, o ex-presidente pontuou que ele terá tranquilidade para “tentar provar que é inocente”.

Fonte: Brasil247

 

Em nota da CNBB, bispos se dizem indignados e pedem saída democrática

in Notícias by

Os membros da Presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), emitiram na manhã desta sexta-feira, 19 de maio, uma Nota Oficial com o título “Pela Ética na Política” na qual afirmam que a Conferência está “unida aos bispos e às comunidades de todo o país” e acompanha “com espanto e indignação” as graves denúncias de corrupção política acolhidas pelo Supremo Tribunal Federal.

Na Nota, os bispos afirmam que “tais denúncias exigem rigorosa apuração, obedecendo-se sempre as garantias constitucionais. Apurados os fatos, os autores dos atos ilícitos devem ser responsabilizados. A vigilância e a participação política das nossas comunidades, dos movimentos sociais e da sociedade, como um todo, muito podem contribuir para elucidação dos fatos e defesa da ética, da justiça e do bem comum”.

Leia a Nota:

Brasília-DF, 19 de maio de 2017
P – Nº 0291/17

Pela Ética na Política
Nota da CNBB sobre o Momento Nacional

“O fruto da justiça é semeado na paz” (Tg 3,18)

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, por meio de sua Presidência, unida aos bispos e às comunidades de todo o país, acompanha, com espanto e indignação, as graves denúncias de corrupção política acolhidas pelo Supremo Tribunal Federal. Segundo a Constituição, Art. 37, é dever de todo servidor público, principalmente os que detêm elevadas funções, manter conduta íntegra, sob pena de não poder exercer o cargo que ocupa.

Tais denúncias exigem rigorosa apuração, obedecendo-se sempre as garantias constitucionais. Apurados os fatos, os autores dos atos ilícitos devem ser responsabilizados. A vigilância e a participação política das nossas comunidades, dos movimentos sociais e da sociedade, como um todo, muito podem contribuir para elucidação dos fatos e defesa da ética, da justiça e do bem comum.

A superação da grave crise vivida no Brasil exige o resgate da ética na política que desempenha papel fundamental na sociedade democrática. Urge um novo modo de fazer política, alicerçado nos valores da honestidade e da justiça social. Lembramos a afirmação da Assembleia Geral da CNBB: “O desprezo da ética leva a uma relação promíscua entre os interesses públicos e privados, razão primeira dos escândalos da corrupção”.

Recordamos também as palavras do Papa Francisco: “Na vida pública, na política, se não houver a ética, uma ética de referimento, tudo é possível e tudo se pode fazer” (Roma, maio de 2013). Além disso, é necessário que saídas para a atual crise respeitem e fortaleçam o Estado democrático de direito.

Pedimos às nossas comunidades que participem responsável e pacificamente da vida política, contribuam para a realização da justiça e da paz e rezem pelo Brasil.

Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, nos ajude a caminhar com esperança construindo uma nova sociedade.

Cardeal Sergio da Rocha
Arcebispo de Brasília
Presidente da CNBB

Dom Murilo S. Ramos Krieger
Arcebispo de São Salvador da Bahia
Vice-Presidente da CNBB

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário-Geral da CNBB

Fonte: Brasil247

Veja as melhores atrações da Virada Cultural

in Entretenimento by

Você já escolheu quais as atrações você vai aproveitar da Virada Cultural? Neste ano, diferentemente de outros anos, o evento passou por um processo de descentralização, as atividades agora estão espalhadas por toda a cidade de São Paulo.

Com isso, o público terá que eleger os shows favoritos para não perder nada, não será mais possível montar o roteiro pelo centro e sair, literalmente, correndo de um evento para o outro para conseguir aproveitar tudo.

Apesar da mudança, o centro da capital paulista abriga grande quantidade de atrações. A Chácara do Jockey, o Autódromo de Interlagos, Parque Anhembi e Parque do Carmo são outros palcos que vão abrigar as mais variadas apresentações.

Fonte: Band

1 15 16 17